terça-feira, 19 de agosto de 2014

Projeto Gourmet: Alfredo di Roma

O Projeto Gourmet da Fundação José Silveira visa fechar parcerias com restaurantes da cidade para que parte da renda obtida com a venda de algum prato seja revertida em prol dos programas assistencialistas da instituição, principalmente em ações complementares de saúde (pacientes SUS). O parceiro do mês de Agosto é o tradicional e renomado Alfredo di Roma, que escolheu o Fettuccine Alfredo (ícone da rede) como o prato do projeto. 
A superintendente da Fundação, Leila Brito, gosta sempre de ressaltar a importância do apoio de empresas comprometidas em promover seu papel social em benefício de quem mais precisa. Aproveite a oportunidade e comece sua refeição com o delicioso Couvert (croissants, pães e patês), seguido do fettuccine e finalizado com a Torta Tre Mousse di CIoccolato (chocolate branco, meio amargo e ao leite). Se comer já é bom, imagina fazer o bem ao mesmo tempo? Ação TOP que merece ser prestigiada. Abrace também a causa e não deixe de dar uma passada no Alfredo até o dia 31!
Sobre o Alfredo di Roma e o famoso Fettuccine - Presente na capital baiana desde 1993, é considerado um dos melhores restaurantes da cidade, principalmente por suas receitas saborosas e utilização de ingredientes de qualidade superior. A rede ainda conta com filiais em Roma (Itália), Nova York (EUA), Cidade do México (México) e Dubai (Emirados Árabes). A receita do Fettuccine Alfredo é a autêntica, ou seja, nada de creme de leite e outras heresias! A simplicidade da junção da manteiga com o queijo (Parmeggiano Reggiano - produto de origem controlada) é que dá o sabor especial e autêntico ao prato. Claro que tem o segredo da casa... mas esse fica bem guardado! Vai lá para tentar descobrir... 

Fogo de Chão: Circuito Enogastronômico

A Fogo de Chão foi o pontapé inicial do Circuito Enogastronômico de Salvador, que segue até o dia 22/08 nos restaurantes Genaro de Carvalho (Sheraton), Amado e no novo Oui (Barra). A iniciativa, idealizada pela Casa Malbec, contará com jantares (reservas: 3257-5666 e 9197-3472) criados por chefs baianos e harmonizados pelo enólogo Euclides Penedo Borges. A assessoria do evento foi da Santa Clara Comunicação, de onde partiu o convite para o jantar de ontem, que contou com vinhos da Otaviano Bodega y Viños, produtora dos rótulos Penedo Borges.
Durante o jantar foram servidos os cortes de carnes nobres, típicas da rede de churrascaria, além de buffet de saladas e acompanhamentos. A Shoulder Steak, a Costela Prime e a Carré de Cordeiro (com geleia de hortelã) foram alguns dos destaques. Os rótulos da Penedo Borges escolhidos para harmonizar foram: Espumante Chardonnay Brut (método Charmat), Reserva Cabernet Sauvignon 2011, Gran Reserva Malbec 2010 e o Icono Malbec 2011 (Top de linha e estrela do jantar, ganhador da Medalha de Prata da revista londrina Decanter). 
As sobremesas ficaram por conta de Creme de Papaya com Cassis e Tortinha de LimãoUm evento desse porte é fundamental para a inserção de Salvador no cenário da enogastronomia nacional (segmento com acelerado crescimento), ainda mais quando representado pela Casa Malbec, que é referência no mercado desde 2007, contando com vários fornecedores de renome (entre eles, a Penedo Borges, Antawara, Herdade dos Coteis, Pegões, Marques de Gelida, Quinta da Fata e Vercoope). A noite ainda serviu para apresentar algumas das ações de expansão do grupo, como a alteração do nome da empresa (agora, Gaya Importadora) e abertura da Gaya Enoteca (sofisticado e completo empório de comida e bebidas na Ladeira da Barra). Foi bem legal e interessante!

domingo, 17 de agosto de 2014

Salty Almond Crunch

Comprei um "silpat" recentemente e o primeiro uso foi para fazer um Salty Almond Crunch, receita americana bem típica. Bem fácil de fazer e muito mais de comer. Numa panela, aqueça 8 colheres de sopa de açúcar e 2 colheres de sopa de água com uma colher de sopa de manteiga e um pouco de flor de sal (usei a marca Cimsal). Quando começar a ferver, acrescente 200 gramas de amêndoas e 100 gramas de cranberry. Feito isso é colocar despejar o conteúdo na folha de silpat e levar ao forno alto (já pre-aquecido) por uns 20/25 minutos. Basta ficar de olho para o caramelo não queimar. Depois basta deixar esfriar e cortar em pedaços com a mão ou com a faca. Fica muito bom!     

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Happy Hour no 33 Restaurante

Mudei meu conceito sobre o 33 Restaurante. Devo começar o post com essa frase, pois depois de algumas experiências insatisfatórias, evitei por muito tempo em voltar ao local. No entanto, a situação foi revertida ontem. Recebi um convite do pessoal da Como Comunicação (obrigado Jamil!) para conferir um pouco do menu de petiscos. A assinatura do novo cardápio foi dada pelo chef Jadson Nunes (com passagem pelo Al Mare), responsável pelo comando atual da cozinha. Se você é do tipo de que gosta de petiscar, sugiro começar pelos Camarões 33 (camarões empanados em farinha especial de coco com tapioca e molho de pimenta doce) e/ou Camarões à Davy Jones (camarões ao alho com brandada de bacalhau). Seguindo a pegada marítima, continue o tour gastronômico com os Frutos do Mar à Jack Sparrow (camarões, lula e polvo grelhados salteados com limão siciliano, azeitonas e azeite trufado). Para mim, foi o melhor prato da noite. Extremamente delicioso e com um polvo super macio.  
Cansou de navegar e quer voltar à terra firme? Então escolha a Costelinha Agridoce (costelinha suína ao barbecue com vinagrete de feijões). A carne estava nota 10 e o feijão nota 11. Depois vá de Cupim na Cumeeira (cupim grelhado em manteiga de garrafa com purê de ervas e vinagrete de manga). Combinação mais que perfeita. Se a fome permanecer, continue com a Picanha à Mequetrefe (picanha grelhada com queijo de coalho e banana-da-terra cozida e grelhada).  
Se ainda sobrar um espaço, indico a Carne Ensolarada (carne do sol em manteiga de garrafa com purê de batata doce e vinagrete de caju). Incrível como o caju e a batata doce dão um toque todo especial ao prato. Pelas fotos, fica nítido como a repaginação trouxe boas referências da gastronomia contemporânea e regional, refletindo em pratos bem apresentados e, principalmente, saboroso. Com um chopp geladíssimo e um ambiente sofisticado, posso dizer que o lugar se torna um ótimo lugar para o Happy Hour com os amigos. Este post é uma prova de que sempre devemos dar uma 2ª chance aos estabelecimentos. Já estou pensando na próxima visita...  

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Funny Coffee Cup

Já pensou num café customizável com o seu humor? Como assim? O pessoal da Gawatt Coffee Shop´s (Yerevan, Armênia) disponibiliza copinhos de café de acordo com o que você está sentindo no momento. Desenhado pelo estúdio de design Backbone Branding, a série limitada de copos ilustrados possui várias carinhas emotivas. Para alterar a expressão facial basta rodar o forro de papel exterior... achei bem legal. Que imagem você usaria hoje? Como é segunda-feira, melhor nem dizer...  :/

domingo, 10 de agosto de 2014

Salvador: Cuco Bistrô

Depois de visitas quase que semanais ao Villa Bahia (Largo do Cruzeiro de São Francisco - Pelourinho), percebi que umas quatros casas depois fica localizado o Cuco Bistrô, outro achado no Centro Histórico de Salvador. A decoração enaltece nosso Sertão de forma poética (quadros, xilogravuras e esculturas interessantes) e o atendimento é cortês, apesar de um pouco confuso (trouxeram pratos errados, mas nada que comprometesse o sabor e a experiência!). A cozinha é comandada pelo chef argentino Johnny e o menu foi elaborado pelo meu amigo José Morchon (do La Taperia).  
Com preço justo e cardápio variado (tem opção para todos os gostos), a escolha do que comer não é uma tarefa fácil (no bom sentido, é claro!). A casa trabalha com menu completo (entrada + prato + sobremesa) por R$39.00, mas antes sugiro experimentar alguma entrada como o Ceviche de Frutos do Mar (bem suave e com ingredientes frescos) ou então os Camarões ao Bifum (o mesmo camarão empanado com bifum crocante do La Taperia). Se tiver o Queijo Coalho Empanado (com Melaço) disponível como entrada do menu, escolha tal opção. Bem sequinho e saboroso. Com relação aos pratos principais, já fui de Spaghetti de Frutos do Mar, Filé à Parmegiana (com Purê de Batata e Arroz com Brócolis) e Pescada Amarela (ao Molho de Maracujá, com Vagem e Purê de Aipim). Tudo agradou. Em outra visita, optei pelo Mix de Frutos do Mar Grelhados (lagosta, polvo, lula, camarão e peixe branco - para  2 pessoas) acompanhado por vegetais ao vapor. Prato leve e bem temperado.   
A Tortinha Folhada com Banana, o Pavê e a Torta de Ricota foram as sobremesas experimentadas do menu promocional. Satisfatórias e servidas em porções adequadas. Com certeza, fica aqui mais uma recomendação no nosso Centro Histórico, que precisa ser mais valorizado. O lugar é bonito, tem comida boa e preço honesto. Voltarei mais vezes.