Villa Bahia: Goût de France 2016

Salvador - Bahia. O Goût de France 2016, evento mundial sob o patrocínio de Alain Ducasse, onde mais de 1500 cardápios (em homenagem à gastronomia francesa) são executados no mesmo dia, foi muito bem representado aqui em Salvador na noite do dia 21/03/2016, pelo menu do chef Guto Lago, repleto de pratos saborosos e muita técnica. A harmonização, feita exclusivamente com rótulos franceses comercializados pela Decanter Vinhos Finos, foi elegantemente conduzida pela sommelier Patrícia Penha.
Para começar, foi servido uma Esfera de Tapioca com Coulis de Jabuticaba, harmonizada com taça de espumante Crémant de Bourgogne Rosé Brut (F. Labet). A entrada fria ficou por conta de uma excelente Terrine de Pinha ao Molho de Mostarda, Mel de Engenho e Charcutaria, muito bem acompanhada de uma taça de vinho branco Chasselas 2014 Alsace (Paul Blank). A entrada quente do menu desse ano foi Ravioli de Palmito Pupunha com Cogumelos Frescos e Leite de Castanhas Brasileiras, harmonizado com vinho branco Paul Mas Viognier 2014 (Paul Mas - Languedoc).
O primeiro prato quente foi o já conhecido meu Robalo em Crosta de Especiarias com Mousse de Mandioquinha e Redução de Laranja, prato que provei e aprovei em menu personalizado no fim do ano passado. A harmonização também foi feita com o Paul Mas Viognier 2014 (Paul Mas - Languedoc). O segundo prato, o mais especial da noite, foi um delicioso Pato Confitado com Jambu, Tucupi e Farinha do Uarini. Os ingredientes do norte do Brasil foram muito bem aproveitados pelo chef, que conseguiu dar uma sutileza incrível ao paladar. A harmonização com uma taça de vinho tinto Mas de Mas Corbiéres 2013 (Paul Mas - Languedoc) elevou ainda mais o nível do prato.
A tão esperada pré-sobremesa foi composta por Queijos Brasileiros (Serra da Canastra, Azul do Bosque e Tulha) de primeira e Compotas Artesanais. Destaque para o queijo Tulha, de sabor intenso e até então desconhecido por mim. A harmonização voltou a ser feita com um espumante, mas dessa vez o Kriter Demi-Sec (Kriter - Bourgogne). Para finalizar, a sobremesa do menu foi um Fondant de Chocolate, Calda de Cupuaçu, Limão e Cumaru. Que sobremesa fantástica e equilibrada. Para harmonizar, uma taça de tinto fortificado Mas de Mas Maury 2008 (Paul Mas - Languedoc). Gostei de ver o salão do restaurante com lotação total! Isso é um reflexo do reconhecimento do trabalho do chef Guto Lago aqui em Salvador. Enquanto espero o menu de 2017, fico aproveitando a programação normal do Villa Bahia, que não fica para trás não...  

Comentários

Ariane Carvalho disse…
Poxa..que pena que eu não soube desse evento..parece que foi perfeito :(

Postagens mais visitadas