RW: Ocho Ceviche Bar

Em termos globais, as cevicherias são as "novas" temakerias. É a onda do momento nas grandes metrópoles, atraindo um público jovem e que busca comer bem. Salvador não ficou para trás e aderiu ao movimento com a abertura do Ocho Ceviche Bar, no Rio Vermelho (na pirâmide onde funciona a Piola). O lugar é requintado e o cardápio é inspirado no LaMar, o restaurante peruano mais famoso do mundo (falarei dele em breve). Inclusive, até achei a ordem dos pratos bem parecida. Fui experimentar o cardápio do Restaurant Week e acabei pedindo mais do que devia... ou seja, me lenhei! 
Logo de cara, pedimos drinks típicos, como o pisco sour e mojito. Além do pisco tradicional, escolhi um de gengibre caramelizado com tangerina, que estava muito bom. Para acompanhar, chips de batata doce, banana e mandioquinha. Só faltou um molho apimentado para passar nos snacks. 
O carro chefe da casa é o ceviche (ou cebiche), encontrado em diversas opções, como, por exemplo, o de atum e o de frutos-do-mar. Optei por uma degustação de 3 mini ceviches (tradicional; atum com tamarindo e shoyo; frutos-do-mar). Repetindo a dose do LaMar, meu preferido acabou sendo o de atum com tamarindo e shoyo. O gosto do molho é algo cabuloso. Os demais estavam bons, só achei que precisava de um pouco mais de limão.
 
No cardápio do Restaurant Week, as opções de entrada eram: Clássico ceviche de peixe branco (com cebola roxa, coentro, pimenta dedo de moça marinados no tradicional leche de tigre peruano) ou Causas peruanas de camarão e peixe branco empanado. Boas pedidas.
Para prato principal, a pessoa podia escolher um Filé de peixe branco (grelhado com farofa de couve e camarões) ou Steak de filé mignon a la parrilla (com salsa anticuchera e batatas gratinadas). Provei dos dois pratos, porém o sabor do peixe deu de 10 a 0 na carne, sem mencionar na farofa que estava deliciosa.
Para finalizar, as sobremesas. Teve Taboca recheada com doce de leite, sorvete de creme e calda de morango silvestres e Carpaccio de abacaxi com raspas de limão. Confesso que escolhi a primeira pois desde criança pensava em colocar doce de leite na taboca, mas nunca tinha concretizado. É uma boa combinação, ainda mais se juntar com sorvete.
Então é isso. Valeu a pena ter conhecido e com certeza voltarei, porém não é um restaurante barato. Só para vocês terem idéia a degustação de 3 mini ceviches custa R$44,00. Mas a qualidade é boa e o lugar é excelente. Continuo achando o LaMar o melhor peruano que existe, porém fico satisfeito em ter o Ocho aqui em Salvador.

Review (de 1 a 5):
Menu: 4
Quantidade: 4
Qualidade: 5
Atendimento: 4

Comentários

Adriana M disse…
Oi Felipe,
parabéns pelo post, está ótimo! As fotos também estão muito boas, deu para conhecer o restaurante!
Bjs
http://batalhagourmet.blogspot.com
Felipe Almeida disse…
Tem hrs que dá preguiça de escrever... ai esses posts maiores eu fico postergando... hehehehehe.. bj
Catarine Heiter disse…
Provei o menu do restaurant week e tambem fiquei muito satisfeita!!

www.mastigandoemsalvador.com.br
Macho Gourmet disse…
Tá aí. Ainda não fui no Ocho. Tenho que dar uma passadinha por lá.
Gostei do post. Muito bom.

Postagens mais visitadas